ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

Orquestra Juvenil da Bahia realiza concerto em Londres e encerra a Turnê Europa 2014

Última modificação : Sexta, 19 Setembro 2014 15:16




Neojiba

 


 

Nesta quarta-feira, 17/9, a Orquestra Sinfônica Juvenil da Bahia - formada por 130 jovens instrumentistas do NEOJIBA (programa de orquestras jovens e infantis da Bahia) - realiza o concerto de encerramento da turnê Europa 2014 no Queen Elizabeth Hall, em Londres.



Neojiba RicardoCastro

 

 

Sob regência do maestro e pianista Ricardo Castro, o programa será dedicado ao repertório do século XX, com a estreia de “riSE and fLY”, composta pela americana Julia Wolfe especialmente para o percussionista Colin Currie, além da grandiosa “Primeira Sinfonia” de Mahler.

 

 

COLIN CURRIE

Reconhecido mundialmente por seu "percussionismo atlético, carisma compulsivo e musicalidade profunda", segundo o jornal ingles The Guardian, o escocês Colin Currie é um solista e músico de câmara no auge de seus poderes. Já integrou as National Youth Orchestra of Scotland e a European Union Youth Orchestra. Defensor da nova música no seu mais alto nível, Currie é escolhido como solista pelos compositores mais importantes da atualidade e apresenta-se regularmente com as principais orquestras e maestros do mundo. Estará ao lado da Juvenil da Bahia, regida pelo maestro e pianista Ricardo Castro e composta por 130 jovens instrumentistas do NEOJIBA (programa de orquestras jovens e infantis da Bahia)

 

 

RICARDO CASTRO

Ricardo Castro é o fundador, Diretor Geral do NEOJIBA e regente titular da Orquestra Juvenil da Bahia. Foi premiado no Concurso da ARD de Munique em 1987 e elevado à categoria de pianistas de fama internacional ao receber o primeiro lugar no Leeds Internacional Piano Compelition na Inglaterra, em 1993. Apresentou-se com diversas orquestras como a BBC London Symphony, Royal Liverpool Philaharmonic, Orquestra Filarmônica de Tóquio dentre outras. Leciona na Haute École de Musique de Lausanne, na Suíça, e trabalha há vários anos em atividades de integração social através da música. Em 2011, Ricardo Castro foi eleito a Personalidade Cultural do Ano pelo “Prêmio Bravo!”, em reconhecimento ao seu trabalho com o NEOJIBA. Em 2013, foi o primeiro brasileiro a receber o título de Membro Honorário da Royal Philarmonic Society, instituição britânica que celebrou seu bicentenário neste ano. O título foi concebido apenas 131 vezes em reconhecimento a importantes serviços prestados à música por compositores, maestros, intérpretes, editores e educadores.

 

 

NEOJIBA

Criado em 2007 como um dos programas prioritários do Governo do Estado da Bahia, o NEOJIBA tem por objetivo alcançar a excelência e a integração social por meio da prática coletiva da música. No Brasil, o NEOJIBA é o primeiro programa governamental de formação de orquestras infanto-juvenis baseado no aclamado “El Sistema”, programa venezuelano criado há 39 anos. O NEOJIBA é uma ação da Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes) e seu diretor fundador é o maestro Ricardo Castro. O NEOJIBA beneficia diretamente mais de 900 crianças e jovens, integrantes do Núcleo de Gestão e Formação Profissional do Programa no Teatro Castro Alves, e em Núcleos de Prática Orquestral em Simões Filho, Feira de Santana e Trancoso, no extremo-sul da Bahia, e em Salvador, na Península Itapagipana, no Bairro da Paz e no Nordeste de Amaralina. Além disso, o NEOJIBA apoia pedagogicamente projetos orquestrais do interior do Estado, levando seus resultados a jovens músicos de mais de 20 municípios em toda a Bahia. O diferencial do NEOJIBA é o seu foco na integração social, estimulando o convívio entre crianças e jovens de vários segmentos da sociedade.




 

VEJA AS NOTÍCIAS MAIS RECENTES