ConcertinoPortal de pesquisa da música clássica

Os mais famosos compositores da linha do tempo

SIMON BOCCANEGRA

Última modificação : Sexta, 24 Março 2017 13:35



VERDI, GIUSEPPE (1813-1901)

ITALIANO – ÓPERA ROMÂNTICA – 42 OBRAS

 

Melodrama em prólogo e três atos

Ano da composição: 1880-1881. Radical revisão da partitura em 1857

Estreia mundial: 24 de março de 1881, La Scala, Milão, Itália

Libreto: Francesco Maria Piave e Arrigo Boito, com base na peça "Simón Boccanegra" (1843), de Antonio Garcia Gutiérrez.

 

História de amor entre pai e filha no contexto de um pesado drama político. Raramente montada, mesmo em sua versão final de 1881, é contudo uma ópera instigante, dominada por vozes masculinas graves: dois barítonos e dois baixos. Tem poucas árias, mas evoca o ambiente de conspiração através de uma série de maravilhosos duetos e ensembles. A grande novidade da versão de 1881 é a cena da reunião do conselho no Ato I, um dos mais belos finales de Verdi.

 

Até Verdi considerava a versão de 1857 de Simon Boccanegra deprimente, fria e monótona. Foi com entusiasmo que a reformulou 20 anos depois, com o libretista Arrigo Boito.

 

Papéis principais:

Gênova, Itália, meados do século XIV

 

. Simon Boccanegra, barítono - Corsário e depois doge

. Amélia Boccanegra (Grimaldi), soprano - A filha "perdida" de Boccanegra

. Gabriele Adorno, tenor - Amante de Amélia

. Jacopo Fiesco, baixo - Ex doge

. Paolo Albiani, baixo - Um plebeu

. Pietro, barítono - Um plebeu.

 

 

Vídeo

 




 

Fonte:

Guia Ilustrado de Ópera Zahar